Categorias: Longevidade

Envelhecimento e hábitos saudáveis: saiba como envelhecer bem

Você sabe qual é a melhor hora para começar a pensar no envelhecimento? Agora! Para garantir uma vida saudável até a velhice, é necessário iniciar os hábitos saudáveis o mais rápido possível. A cada ano que passa a expectativa de vida do brasileiro aumenta, ao passo que as pessoas estão cada vez mais dependendo de terapias e remédios para manter-se bem. Não é curioso?

O processo de envelhecimento das pessoas inicia aproximadamente entre os 28 e 30 anos, mas a velocidade com que ele ocorre depende de diversos fatores. Considera-se que somente 30% estão ligados a fatores genéticos. Logo, os outros 70% referem-se aos hábitos de vida, o que nos enche de responsabilidades quanto às nossas escolhas. 

Existem alguns sinais básicos de que o envelhecimento está chegando. A falta de memória, a falta de agilidade para movimentos e desequilíbrios na hora de caminhar são alguns dos alertas do corpo. Do lado de fora, é possível perceber a idade chegando com o aparecimento de rugas, flacidez e manchas, já internamente, o que acontece é a diminuição da produção de hormônios.

A velhice é inevitável (e é cheia de belezas para serem vividas), mas para envelhecer de forma mais saudável é essencial ter atenção a alguns hábitos de vida. 

Confira o que você deve começar a fazer ou evitar a partir de agora para viver longos anos de muita qualidade:

Evite o estresse

Ninguém consegue ser uma pessoa tranquila 100% do tempo, mas evitar o estresse é imprescindível para envelhecer bem. Pessoas que têm um estilo de vida de exposição ao estresse por um tempo prolongado, acabam desregulando a produção de cortisol e baixando a imunidade do corpo.

Esse estresse crônico, portanto, faz o corpo entrar em exaustão. O organismo torna-se debilitado e abre as portas para a maioria das doenças, especialmente as cardiovasculares.

Pare já com o uso de álcool e cigarros

Que beber e fumar faz mal, todo mundo sabe. O difícil é prever o tamanho do estrago que esses dois hábitos juntos podem causar. Segundo o Instituto Nacional de Câncer, o tabagismo é a principal causa evitável de câncer do mundo.

Já o uso abusivo do álcool, além dos problemas imediatos, pode causar déficit no funcionamento intelectual e comportamental.  O álcool acelera o processo de envelhecimento do cérebro, pois ocasiona a perda de tecido cerebral e a diminuição de massa dos lobos frontais.

Pratique atividades físicas

Xô, sedentarismo! A falta de atividade física é, na atualidade, um dos principais fatores agravantes de doenças. Uma caminhada leve, de 30 minutos a uma hora, pelo menos três vezes por semana, pode contribuir para a prevenção de doenças no coração, Alzheimer, diabetes tipo 2, ansiedade, depressão, entre outras. 

Se você não gosta de caminhar, mas curte jogar uma partida de futebol, tênis ou tem a possibilidade de ir trabalhar de bicicleta de vez em quando, faça! 

Tudo vale para manter a saúde.

Repense a sua dieta

Praticar exercícios físicos é importante para manter a saúde em dia, mas ainda mais importante é o cuidado constante com a alimentação. O exercício físico pode prevenir que você não tenha um ataque cardíaco, diabetes ou hipertensão aos 50 anos, mas não garante que chegará aos 110 anos de idade. 

Para viver com foco na longevidade, a dica primordial é otimizar ao máximo a sua dieta. Pesquisas apontam que o tipo de alimento que o indivíduo ingere está diretamente relacionado a sua expectativa de vida.

Durma bem

Dormir bem é o primeiro passo para ter um bom aproveitamento do dia seguinte e, consecutivamente, uma vida mais leve. O recomendado é que em cada noite um adulto tenha entre 7 e 9 horas de sono, preferencialmente em um ambiente escuro e confortável.

Dormir bem garante menos ansiedade, irritabilidade, dores de cabeça, entre outros efeitos imediatos. Mas o sono tranquilo também traz benefícios a longo prazo, como a diminuição da probabilidade de ataques cardíacos e AVCs.

Crie o hábito da leitura

Envelhecer bem é o grande objetivo da maioria das pessoas, não é? Pois para garantir uma mente saudável na velhice, nada melhor que ter o hábito da leitura. Ler um capítulo de um livro por dia pode garantir ganhos em qualquer fase da vida, pois os benefícios vão desde o aumento do vocabulário à redução do estresse.

Mas é importante ressaltar que algumas habilidades que a leitura proporciona são especialmente importantes na terceira idade. O desenvolvimento de habilidades linguísticas como a fala, escrita e interpretação, gerados pelos hábito da leitura, ajudam a manter a demência longe. 

Fique atento!

Como mudar os maus hábitos?

Em resumo, para um envelhecimento saudável, é preciso realmente olhar atentamente para si. É indispensável analisar todas as esferas da vida. São relevantes fatores psicológicos, funcionamento do organismo e os hábitos de vida para que você permaneça em equilíbrio. 

Para quem é habituado ao sedentarismo, alterar drasticamente o comportamento pode parecer impossível. Mas garanto que se a mudança acontecer gradativamente a tarefa será mais branda. 

A dica é criar objetivos mensuráveis e ir cumprindo um de cada vez. 

Por exemplo: tente modificar a  meta “ter uma alimentação mais saudável” por “jantar até no máximo às 19h” ou “almoçar salada segunda, quarta e sexta”. A substituição torna a tarefa mais factível e fácil de ser cumprida. Além do que você poderá avaliar se seu intento está sendo atingido simplesmente por tê-lo (ou não) praticado.

Se você sentir dificuldade de fazer essas mudanças, está sentindo o envelhecimento chegar cedo demais ou desproporcionalmente, venha até a Longevidade Personalizada. Vamos conversar sobre os seus sintomas, avaliar os seus hábitos de vida e pensar em um tratamento sob medida para você. Não esqueça: seu corpo é o que você tem de mais importante. Valorize-o!

Dr. Victor Paviani

Posts recentes

Saiba como o anticoncepcional influencia no desejo feminino

Na década de 1960, a primeira pílula anticoncepcional chegou ao mercado e tornou possível uma…

1 ano atrás

Saiba como o anticoncepcional influencia no desejo feminino

Na década de 1960, a primeira pílula anticoncepcional chegou ao mercado e tornou possível uma…

1 ano atrás

Saiba como reconhecer a falta de nutrientes no seu corpo

Para evitar a falta de nutrientes no corpo, nada é mais importante que o conhecimento…

1 ano atrás

Coronavírus e imunidade: entenda o perigo e como prevenir

Se você está minimamente antenado nos noticiários nacionais e globais, com certeza já se preocupou…

1 ano atrás

Genética e doenças: saiba como descobrir e utilizar o mapeamento genético a seu favor

Apesar de a predisposição genética ser um fator chave para o desenvolvimento de algumas doenças,…

1 ano atrás

Entenda porque comer de 3 em 3 horas pode não ser uma boa ideia

O corpo humano é uma máquina muito inteligente e a fome é um recurso que…

1 ano atrás